Apple e Broadcom são condenadas a pagar US$ 1,1 bi por violação de patentes

Ouça a Iris - Inteligência Artificial da Biosferatech

Instituto de Tecnologia da Califórnia acusou as empresas de utilizarem patentes de Wi-Fi registradas por seus pesquisadores.
Na última quarta-feira (29), Apple e Broadcom foram condenadas a pagar US$ 1,1 bilhão ao Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) por violarem quatro patentes de tecnologia Wi-Fi. A decisão foi do júri da Califórnia. Ambas as empresas anunciaram que pretendem recorrer.
O Caltech, de Pasadena, nos Estados Unidos, acusou tanto a Apple quanto a Broadcom de violarem patentes relacionadas à transmissão de dados via Wi-Fi anteriormente registradas por pesquisadores do instituto. Os danos totalizam US$ 837 milhões para a Apple e US$ 200 milhões para a Broadcom – um dos maiores veredictos contra a Apple em toda a sua história.

Ler a íntegra na plataforma original

Captura: Biosferatech
Fonte: Olhar Digital, 10 fev. 2020

Deixe uma resposta